quarta-feira, agosto 08, 2012

Mais de meus poemas




Prosa, pesar e existir
(Marcos Henrique Martins)

Quero sair de meu corpo, esse templo ruído que se tornou. Há grades, não há chaves, apenas trancas e contas e mais contas. Apenas tédio.

Minhas trancas não se abrem para me deixar sair, nem para banhar-me ou tomar um pouco de sol. Fico sujo. Impuro. Burocrático. Foi para isso que fomos modelados? Para sempre sentirmos sujeira em nosso existir? Esse foi o trato entre o criador e o diabo para que no inferno existisse um porteiro, trabalhando todos os dias do ano, até em feriados santos.

Somos obrigados a sentir uma batalha dentro de nossa essência que nunca cessa. Olhar, sem nunca enxergar o horizonte. 

Muitos acham que o inferno é um lugar de punição e sofrimento eterno, mas no inferno, existe apenas uma fila, uma interminável fila e ao chegar ao início dela, nada acontece, se pega outra senha, para outra fila e tudo fica como exatamente está. Os anjos decaídos riem e se misturam, dando lições de moral para tudo se tornar ainda mais pesaroso e todos permanecerem com seus ombros caídos, esperando mais uma vez sua vez na fila chegar. 

Algumas pessoas dizem que o inferno é cheio de livros e mais livros de autoajuda, de autores diferentes, e todos têm que ser lidos em vos alta, tudo ao mesmo tempo. Tem quem diga que o inferno é aqui mesmo e fica em seus lares, outros, que fica numa rua sem saída, numa casa sem banheiros e vez por outra, anjos vem com rolos de papel higiênico para distribuir e se simpatizam com você, te levam para os bosques do Éden e te deixam por lá, se escondendo das serpentes, que hoje são muitas e que sabem como ninguém plantar árvores e nos despir de nossas inquietações. 

Prosear é tão fácil, existir um mistério que não se encontram as respostas em bulas de remédios, nem em anúncios de jornais. Prosear é preciso, é um mal necessário para suportar o existir.

2 comentários:

Fruto do Espírito disse...

APDSJC!
Estou visualizando algumas de suas páginas e os seus posts são bem interessantes e esclarecedoras

O AMOR DE DEUS POR NÓS!

Deus ama cada um como filho único
é o amor de Deus que da sentido
em continuar seguindo o caminho
mesmo que a tempestade caia sem cessar
e que a dor seja maior
que as forças que temos para sofrer
mesmo que a escuridão nos envolva e tente os ventos da injustiça
apagar a pequena chama da fé
mas no obscuro túnel da vida
a luz do amor de Deus
brilha sem cessar
o amor de Deus transforma
a tragédia em triunfo
a maldição em benção
o mal em bem
o amor de Deus
é a unica e verdadeira religião
somente o amor de Deus
produz frutos aonde nunca se plantou
o amor de Deus é paciente,
tudo espera,
tudo suporta,
e jamais se acabará,
porque é eterno!!!

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog deixo aqui o convite, acesse o link abaixo:

Fruto do Espírito

Minha Fan Page Fruto do Espírito

P.S. Convido a conhecer o blog do irmão J.C.de Araújo Jorge.
Mensagens atuais, algumas polêmicas, porém abençoadoras...
Acesse e confira:
Discípulo de Cristo

Em Cristo,
***Lucy***

Lih disse...

Belas palavras!
Beijinhos e otima semana!